segunda-feira, abril 18

only you



A cada dia que passa, o que anda cá dentro apodrece aos bocados. É como se tivesse doente, mas do coração. Dói saber que não vou poder abraçar alguém que tem o mesmo sentimento, que nunca vou poder sequer tocar. Sei que a qualquer minuto, ele pode desapareçer, e o pior é que se o dia nos corre mal, nenhum de nós estará lá um pro outro. Juro, saudade é fudida, é uma merda.Tenho medo que tudo se vá em vão.E quando fôr, vou ter que lidar com isto tudo sozinha, fechar-me no quarto e chorar até não puder mais.O que me resta? ele.
Mas, a vida tem altos e baixos, but ily like anything. és me tudo melhor amigo.

8 comentários:

Danii disse...

É verdade, a saudade dói. Mas nunca digas nunca, tal como o sempre nunca é para sempre, lembra-te disso (no bom sentido) :)

Briigite disse...

És natural de moçambique?
Que fichee :D
Cá é primavera, mas não está lá muito bom tempo -.-' xD

Ana Luísa disse...

força minha querida! :)

. Cαяσℓiиα ๑ disse...

Tbm gostei ^^
Sigo*

Isabelinha Silva disse...

Já coloquei a segunda parte, espero não desiludir ninguém! (:
Quanto ao teu texto, as vezes damos demasiada importância a uma única pessoa que quando ela nos falta, ficamos totalmente sozinhos, pois julgamos que essa pessoa chegava e era sufeciente, para nós! -.-'

bárbara nunes disse...

oh, obrigada! adorei**

. Diana Silva . disse...

sim minha querida *-*
adoro :3

filipa disse...

ohm :$ achas mesmo? $:
és uma querida, a sério <3